Etiqueta: diagnóstico

A maioria dos pacientes com Fibromialgia é diagnosticada erroneamente?

A maioria dos pacientes com Fibromialgia é diagnosticada erroneamente?

No fim do ano passado fiz uma enquete via o site Fibrodor sobre dúvidas de pacientes efetivamente ou potencialmente com fibromialgia. “Efetivamente”, por se dizerem diagnosticados, e “potencialmente”, por apenas se imaginar portando essa síndrome. A maioria dos 250 respondentes está no primeiro grupo, e para muitos ali isso – o fato de possuir um diagnóstico – não deixa de ser um fator de tranquilidade. Afinal, um diagnóstico de fibromialgia pode demorar anos! Contudo, para alguns que não são poucos, receber um diagnóstico não traz segurança quanto ao rumo a seguir. Simplesmente porque, mesmo depois de “aquilo tudo”, ele ainda pode estar errado. Eis um fato – aqui denunciado pelo cientista pioneiro no estudo da fibromialgia no mundo – que dói e do qual não se fala em voz alta nos consultórios médicos, mas que o paciente precisa conhecer, seja para se precaver de que aconteça, ou para não se frustrar brutalmente se acontecer.

Leia mais »
Afinal, você tem fibromialgia ou artrite reumatoide?

Afinal, você tem fibromialgia ou artrite reumatoide?

Ao diagnosticar fibromialgia, é possível confundi-la com artrite reumatoide, uma vez que ambas as doenças são crônicas e causam dor e cansaço extremos. No entanto, são doenças diferentes e embora costumem coexistir, elas não estão relacionadas. A artrite reumatoide causa danos visíveis nas articulações. Fibromialgia não. A artrite reumatoide (AR) também piora progressivamente, causando inchaço e, às vezes, deformidades. A dor da fibromialgia é mais generalizada, enquanto a artrite reumatoide se concentra inicialmente nas mãos, punhos, joelhos e planta dos pés. A AR e a fibromialgia também progridem de maneira muito diferente. A fibromialgia geralmente causa dor constante que pode piorar com falta de sono e estresse. Por outro lado, a AR pode agravar-se e piorar progressivamente sem tratamento. Abaixo, veremos mais de perto as diferenças entre AR e fibromialgia, incluindo como os sintomas de cada condição diferem e como são diagnosticados e tratados.

Leia mais »
Fibromialgia para iniciantes e curiosos

Fibromialgia para iniciantes e curiosos

Apesar da ciência médica dizer claramente o contrário, a fibromialgia ainda é tida por muitos médicos por uma doença imaginária. De fato, sem nenhum teste específico para diagnosticá-la, ela parece invisível. Isso pode ser intrigante, senão incômodo, para um médico que não esteja familiarizado com a condição – o caso mais comum, aliás. E como os sintomas se sobrepõem a muitas outras doenças, o diagnóstico é demorado e sua confiabilidade nem sempre garantida.

Leia mais »
Síndrome da fibromialgia. Parte 2 – Diagnóstico.

Síndrome da Fibromialgia. Parte 2 – Diagnóstico.

A Parte 1 deste artigo, “Síndrome da fibromialgia: etiologia, patogênese, diagnóstico e tratamento” foi postada na semana passada. O artigo é baseado em uma extensa revisão de artigos publicados sobre fibromialgia em todo o mundo. Seus autores são sete médicos ortopedistas da Faculdade de Medicina da Universidade de Torino (Itália). O objetivo é auxiliar os cirurgiões ortopédicos que se deparam com sintomas musculoesqueléticos relatados por pacientes afetados pela fibromialgia (muitas vezes não diagnosticada). A fibromialgia é apresentada como uma síndrome que precisa ser muito bem estudada e compreendida para que o paciente possa ser encaminhado ao especialista correto. O artigo original, por demais extenso, foi reduzido para agilizar a sua leitura, e também divido em três partes a serem postadas aqui semanalmente.

Leia mais »
Fibrosintomas

Distinguindo a fibromialgia de outras doenças crônicas: o Fibrosintomas

Esse post é sobre o último de uma série de 4 vídeos sobre ferramentas online criadas por mim para facilitar a vida de pacientes com fibromialgia – ou que se imaginam portadores dessa síndrome. A atenção se volta agora para o FIBROSINTOMAS. Uma ferramenta online que ajuda o médico e o paciente a se assegurarem de obter um diagnóstico certo e em tempo razoável.

Leia mais »
Saber sobre fibromialgia pode evitar sofrimento

Saber sobre fibromialgia pode evitar um sofrimento que você não merece

Semana passada iniciei uma série de vídeos apresentando ferramentas digitais criadas para facilitar a vida de um paciente com fibromialgia. Três ferramentas, especificamente. Essa semana é a vez da primeira, o FIBROQUIZ, um jogo digital que testa o conhecimento da pessoa sobre fibromialgia e, de passagem, contribui a aprimorá-lo.

Leia mais »
Para quem pensa ter Fibromialgia

Para quem pensa ter Fibromialgia

Esse post apresenta um breve vídeo sobre 3 ferramentas que facilitam a vida de quem tem fibromialgia, ou pensa ser portador(a) dessa síndrome. Todas elas se propõem a facilitar a obtenção de um diagnóstico acertado de fibromialgia, num tempo razoável.

Leia mais »
Sobre mim

Sobre mim

Quem é portador de uma dor crônica de difícil diagnóstico e tratamento, como a fibromialgia, vive procurando por soluções mágicas, no começo, e médicas, depois. Há opções mais amenas e menos caras, no entanto. Muito pode ser aprendido, refletindo sobre as histórias de outras pessoas enfrentadas a situações de saúde semelhantes. Tentativas frustradas, acertos às vezes fortuitos – a medicina não é uma ciência exata e o corpo humano pode ter reações surpreendentes – e lições deduzidas da experiência pessoal de A podem ser compartilhadas e beneficiar X, Y e Z. À diferença dos países de língua inglesa, no entanto, são raras as pessoas no Brasil dispostas a expor a história de uma vida sofrida por causa de uma dor que não acaba. Mais incomum ainda, quem possa fazê-lo com clareza e sentimento. A história que você vai ler a seguir, a primeira postada em três anos, é uma exceção. Aproveite-a.

Leia mais »
Fibromialgia em homens

Fibromialgia em homens

Costuma-se dizer que mais de 90% das pessoas com fibromialgia são mulheres, mas estudos mais recentes sugerem que fibromialgia em homens é muito mais comum do que se pensava anteriormente.

Leia mais »
Fibromialgia: da suspeita inicial ao diagnóstico

Fibromialgia: da suspeita inicial ao diagnóstico

A fibromialgia é caracterizada por vários sintomas e, em parte devido a isso, o seu diagnóstico é muito demorado. A demora tem várias explicações. Os pacientes, por exemplo, aguardam um período significativo de tempo antes de consultar um médico, aumentando o tempo prolongado para o diagnóstico e eventual tratamento. Muitos médicos, por outro lado, não conhecem, nem estão preparados para diagnosticar a fibromialgia conforme critérios considerados “oficiais” (ex. American College of Rheumathology). Investigar o assunto é um primeiro passo para enfrentar esse problema. Um problema nada pequeno, uma vez que a prevalência da fibromialgia no Brasil pode estar nos 5%, ou 11 milhões de portadores, a maioria mulheres. Este artigo resume resultados selecionados de uma pesquisa massiva sobre a problemática do diagnóstico da fibromialgia, abrangendo pacientes e seus médicos em 8 países.

Leia mais »
O que esperar numa primeira consulta sobre fibromialgia?

O que esperar numa primeira consulta sobre fibromialgia?

Desde a sua formulação em 1990, os Critérios Preliminares de Classificação da fibromialgia propostos pelo American College of Rheumatology foram a “regra d´ouro” na prática clínica. Ou na teoria, melhor dizendo, porque na verdade eles mereceram aceitação universal de cientistas e pesquisadores epidemiologistas, mas nem tanto dos clínicos. A maioria destes, sabe-se, nunca chegou a utilizá-los como previsto. Ao ponto que em 2009, na Alemanha, uma dezena de cientistas recomendou mudanças rapidamente aceitas, porém ainda não plenamente aplicadas, especialmente no atendimento primário. Este post, baseado no e-book “Tudo que você queria saber sobre FIBROMIALGIA e tinha medo de perguntar” Parte 2, comenta o que mudou.

Leia mais »
CONHEÇA DOR CRÔNICA – O BLOG
CLIQUE AQUI
Preencha e acesse!
Coloque seu nome e e-mail para acessar.
ATENÇÃO!
Toda semana este blog publica dois artigos de cientistas e dois posts inéditos da nossa autoria sobre a dor e seu gerenciamento.
Quer se manter atualizado nesse tema? Não duvide.

Deixe aqui seu e-mail:
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no site gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no site gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas
Preencha e acesse!
Você pode ler o ebook no site gratuitamente preenchendo os dados abaixo:
Dor Crônica - O Blog das Dores Crônicas